Carregando, por favor aguarde
Cadastre-se e receba novidades
Assunto

Peixes

Transporte de cargas vivas: Peixes

O transporte de cargas vivas é uma rotina para aqueles que trabalham com a criação de animais.

A atividade sempre representa riscos e custos ao piscicultor. Porém, o uso de um equipamento adequado e estratégia diminuem os riscos.

Tem que se levar em conta, o peso da carga, a temperatura da água e a qualidade dos equipamentos.

Os peixes precisam estar em jejum para que o trato digestivo esteja completamente vazio.

Em alguns casos é recomendado o uso de analgésicos, pois ele desacelera o metabolismo do peixe durante o transporte.

O equipamento

No caso de transporte, o equipamento vai determinar quanto tempo vai durar o transporte, quanto menor melhor.

A temperatura tem que estar entre 22Cº e 25Cº.

Os tanques são considerados pela grande maioria dos piscicultores os melhores meios de transporte.

O oxigênio tem que estar bem dissolvido no interior do tanque, e o nível de amônia precisam ser baixo.

Caso contrário os animais estão suscetíveis a bactérias, fungos e outros parasitas.

 Produtos proibidos no transporte

Alguns produtos devem ser evitados no transporte de cargas vivas, pois podem danificar os animais e prejudicar todo o trabalho.

Jamais adicionar cal hidratada ou cal virgem a água. Isso pode aumentar o PH (potência hidrogeniônica) que por consequência aumento os níveis de amônia na água.

Conheça nossos produtos! Acesse www.aguaeconsumo.com.br