Carregando, por favor aguarde
Cadastre-se e receba novidades
Assunto

Negócios

Projeto social reaproveita banners

banners reutilizados

Banners – Para mudar o destino de alguns banners e, ao mesmo tempo, ajudar o meio ambiente, diversas ONGS no país incentivam o reaproveitamento desses materiais, dando vida e utilidade nova.

Reaproveitar banners e o meio ambiente

Para quem não sabe, o banner pode virar avental, lixeira de carro, ecobag e até mesmo jogo americano. Sabendo disso, tenho certeza que você não verá mais aquele material de comunicação visual com os mesmos olhos.

Essa iniciativa é voltada para criar emprego para mulheres, principalmente, além de ajudar o meio ambiente, afinal uma lona vinílica, principal item utilizado em banners, demora aproximadamente 400 anos para se decompor. Vamos ver como essa nova utilidade tem ajudado muita gente pelo Brasil.

Tem quem queira

A ONG carioca Tem Quem Queira reutiliza as lonas de banners para produzir bolsas e acessórios.

As peças são produzidas por presidiários e moradores de comunidades pacificadas no Rio de Janeiro.

Atualmente são três oficinas que empregam 40 pessoas e produzem aproximadamente 3 mil peças por mês reutilizando mais de 4.000 m² de lonas. Reduzindo o impacto ambiental dos materiais que geralmente são descartados após o uso.

Mãos que criam

Em Brasília, quem desenvolve um trabalho similar é a Associação Mãos que Criam, localizada na Estrutural, antiga invasão da cidade transformada em região administrativa. A Associação é composta por mulheres de baixa renda que buscam capacitação empresarial por meio do reaproveitamento de materiais recicláveis.

A Mãos que Criam existe desde 2003 e começou com 25 mulheres que faziam crochês e bordados. Mas, com o tempo, a produção, a oferta de produtos e o número de associados foram ampliados. Hoje são 225 associados, a maioria composta por mulheres, que trabalham em forma de revezamento, a cada produção, para que todos possam ser beneficiados.

Com o trabalho, os associados ganham uma renda extra que varia entre 500 a 800 reais por mês.

Capacitações

A associação vem capacitando moradores da Estrutural para o artesanato, entre eles a produção das bolsas de lona. O foco maior é fazer com que os moradores da região possam desenvolver seus trabalhos de forma profissional.Para isso, é feito um acompanhamento e encaminhamento para emprego em entidades e empresas parceiras. Além disso, a associação mostra ao morador que tem dificuldades de sair que ele pode trabalhar em casa.

Até hoje já se formaram 480 costureiras nos cursos oferecidos de forma gratuita pela associação para a comunidade da Estrutural. “Além de ajudar o meio ambiente, dando um novo destino aos banners que iriam para o lixo, o reaproveitamento do material promocional também pode gerar uma renda extra e abrir portas no mercado de trabalho”, destaca Valter Mendes.

Fonte: http://www.ecodesenvolvimento.org/posts/2016/posts/janeiro/banners-viram-sacolas-ecologicas

Continue lendo em nosso blog sobre comunicação visual. Saiba mais sobre os processos de impressão em lona.

Powered by Rock Convert