Carregando, por favor aguarde
Cadastre-se e receba novidades
Assunto

Peixes

Programa municipal reúne pequenos produtores e incentiva a piscicultura

“Piscicultura é uma ação inteligente que agrega renda”, diz prefeito Paranhos.

Visite a loja de fábrica Sansuy, clique aqui. 

O peixe não precisa tomar o espaço de outras culturas e com bom manejo pode render até dois salários mínimos líquidos mensais por família quando investido em alternativa de renda. Com esse propósito, a administração municipal de Cascavel, no oeste do Paraná, está ampliando o Programa de Piscicultura no Município e deu o pontapé hoje (10) para a criação de uma associação de produtores locais, uma vez que “a piscicultura é uma ação inteligente e pode agregar renda ao pequeno produtor”, segundo o prefeito Leonaldo Paranhos, que participou do lançamento do Programa de Fortalecimento da Piscicultura em Cascavel. “Temos um grande desafio pela frente e já estamos enfrentando, pois reforçamos aqui nossa posição de que o interior não se resume a estradas”.

Estudos apontam para o aumento do consumo do peixe e em Cascavel não é diferente, segundo o prefeito. “Temos um mercado que precisa ser explorado, por isso colocamos a piscicultura como compromisso em nosso plano de governo e já estamos trabalhando para que a meta seja alcançada”, reforçou, no pronunciamento de abertura do evento, que reuniu dezenas de pequenos agricultores no auditório da Sociedade Rural de Cascavel.

Vinitank da Sansuy
Clique e conheça o Vinitank da Sansuy!

Atualmente Cascavel conta com 21 produtores atuando no ramo. Com o incremento do programa, a meta é chegar ao fim deste ano com pelo menos 50 piscicultores, um frigorífico em pleno funcionamento e a Associação dos Piscicultores totalmente estruturada.

Para que o programa saia do mundo das ideias, a Secretaria de Agricultura dará todo o suporte técnico ao produtor rural, conforme explica o secretário Agassiz Linhares Neto. “Temos o Programa da Porteira pra Dentro, que nos permite auxiliar no acesso às propriedades, fornecemos a assistência técnica e manejo ao produtor e com a parceria com o Sindicato Rural Patronal e o Senar garantimos a capacitação dos produtores”.

O projeto da Secretaria de Agricultura é viabilizado em parceria com o Emater (Instituto Paranaense de Assistência Técnica e Extensão Rural), com o Sindicato Rural Patronal, o Senar (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural) e o Biolabore (Cooperativa de Trabalho e Assistência Técnica).

Durante o encontro de hoje, além do levantamento de demanda de mercado para atividade, potencial de produtividade de piscicultura no Município, assistência técnica e qualificação da equipe técnica, foram apresentadas também parceiros que podem auxiliar os produtores com acesso a linhas de crédito para implantação dos açudes.

(Fonte: Portal AN6)


Água e Consumo: a sua loja para reservatórios de água, tanques pipa e piscicultura.