Carregando, por favor aguarde
Cadastre-se e receba novidades
Assunto

Mercado

Confira o estado líder em produção de molusco

A Epagri (Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina) apresentou dados sobre a produção de molusco.

A pesquisa confirmou que este ano Santa Catarina é o estado com maior atuação no setor.

Santa Catarina responde por cerca de 95% da produção no país de mexilhões e ostras.

O estado conta com 5589 produtores espalhados por mais de 12 municípios.

A cadeia produtiva ainda conta com 5 mil postos de trabalho.

De acordo com Síntese Informativa da Maricultura, Santa catarina  chegou a produzir mais de 20 mil toneladas de moluscos no  em 2015.

Os técnicos que acompanham os maricultores, e ajudam com a gestão, afirmam que o mercado tem dado certo.

Mas a maioria dos  produtores possui pouco conhecimento gerencial, que causa certa dificuldade na tomada de decisões.

Maricultura

A maioria dos empreendedores do setor fazem parte de um processo de produção familiar. Investir em produtos de qualidade pode fazer uma grande diferença na sua produção. Saiba mais aqui.

Boa parte dos investidores que agora atuam no setor começaram seus negócios logo após a aposentadoria em outro ramo de atuação.

Adécio da Cunha, 64 anos, começou o seu negócio com apenas 30 mil sementes de ostras.

Depois de alguns meses se tornou um dos maiores representantes na área de produção de moluscos.

A aproximadamente 900 metros do mar aberto, em Florianópolis.

A Fazenda Paraíso das Ostras de Vinicius Ramos produz mais de 3 milhões de ostras e vieiras por ano.

Porém a Epagri afirma que a grande maioria dos maricultores não realizam a gestão  financeira dos seus negócios.

A Epagri afirma que é preciso educar o empreendedor a cuidar  das finanças dos seus negócios!

Essa gestão vai permitir que o maricultor tenha em  mãos dados e analises que lhe permitirão tomar futuras decisões com muito mais eficiência.

A intenção para esse ano é conscientizar toda a produção de molusco sobre finanças no empreendimento, para o setor continue a crescer.

Se você quer mais noticias sobre o o mercado de pescado e cultivo de vida marinha, continue a navegar no nosso blog!