Potencial hídrico impulsiona criação no MS

Potencial hídrico impulsiona criação no MS

O potencial hídrico que o estado do Mato Grosso do Sul fez com que empresas abrissem mercado para a produção de pescados.

MS ocupa o 9º lugar no ranking de produção. Dentre os peixes mais cultivados, a tilápia é destaque no Brasil todo, não só na região.

Para ter sucesso os produtores investem em materiais de qualidade para sua criação. Invista você também comprando com segurança na Loja Sansuy.

A espécie abandonou sua característica de peixe pequeno, com sabor de barro e muitos espinhos. Isso é resultado da criação em tanques e redes, com alimentação a base de ração. A tecnologia também foi um fator decisivo para o aumento da qualidade.

Potencial em abatedouros

Abatedouros estão crescendo neste tipo de negócio, o que motiva o consumidor a abandonar o produtor direto.

Uma das empresas que mais cresce no segmento é o frigorífico Geneseas, que fez uma projeção para embalar, assim que anunciou sua ampliação, até 35 toneladas por dia de filé. A meta foi ultrapassada um ano depois com a alta demanda.

Geneseas teve até que trazer tilápia de outro estado para dar conta do crescimento no Mato Grosso do Sul. São 45 mil toneladas por dia.

Com 213 tanques-rede, obtém 1% da produção nacional.

Outra líder na área, a Tilabras, obteve licença para se instalar em Selvíria. Seus investimentos são altos. Estima-se R$ 150 milhões em tanques para tilápias e fábricas de ração. Isso sem contar o abatedouro.

De olho no futuro

O estado irá incentivar a aquicultura familiar, segundo o secretário de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar Jaime Verrucko.

O Plano Estadual visa, além da produção de tilápias, incentivar a criação de espécies como pacu e pintado. Peixes que vivem bem em tanques escavados.

O secretário incentiva o aproveitamento dos tanques escavados em conjunto com a tecnologia. Isso para que os recursos de domínio do Estado sejam usados.

Despesca

O processo de despesca começa logo no nascimento do peixe, momento que são transferidos para um tanque de engorda. A partir do seu crescimento, passam por uma seleção. Logo em seguida, pela depuração e partem para o frigorífico.

Cuidado com a higiene de quem maneja os peixes é primordial. Há uma rigorosa desinfecção de veículos, pessoas e equipamentos antes de entrar em qualquer espaço de criação.

Curiosidade

Outro fator que faz o mercado crescer é o clima. A região Centro Oeste tem um clima que mantém a temperatura da água em boas condições. Isso ajuda a garantir a qualidade da carne.

Conheça mais sobre o programa municipal que reúne pequenos produtores e incentiva a piscicultura.

Post Relacionados