Carregando, por favor aguarde
Cadastre-se e receba novidades
Assunto

Peixes

Dicas para aumentar criação de mexilhões

O mexilhão mais encontrado no litoral brasileiro, famoso “Perna Perna”, é uma boa aposta para quem deseja investir em moluscos.

Benefícios do mexilhão

Apresenta características favoráveis ao comércio, como baixo custo, resistência a variações da água (salinidade e temperatura) e crescimento rápido.

Para iniciar sua criação basta ter um tanque, água e alimento. Comece agora mesmo a investir.

Como surgiu no Brasil

Estudos apontam que o mexilhão Perna Perna foi introduzido no litoral brasileiro há mais de 400 anos.

Chegou no país por tráfego de navios negreiros do continente africano, berço da espécie. Alguns estados do país proibiram a venda da espécie por considerá-la exótica.

Perna perna na culinária

É considerado o maior mitilídeo brasileiro.

Por ser um molusco, apresenta rendimento menor do que um peixe, mesmo consumido por inteiro.

Sua carne é afetada pelo tipo de concha que carrega. Alguns registros apontam que o proveito é de apenas 11% para a proporção concha/carne.

O frescor se caracteriza pela salubridade e mais um conjunto de aspectos, como textura, odor, preparo e conservação.

Mesmo com todos esses atributos, é considerado uma fonte proteica com baixo teor lipídico e calórico.

Alimentação e sobrevivência

A espécie tem uma alimentação limitada, na qual retira da água somente os nutrientes necessários para sua sobrevivência.

É importante que o ambiente destinado para o cultivo seja monitorado.

Deste modo, serão evitados acúmulos de metais pesados, vírus e bactérias no local.

O Perna perna pode ser encontrado por todo o litoral brasileiro, em abundância do Espírito Santo a Santa Catarina.

Gostou da notícia? Continue lendo como criar camarões em tanques