Carregando, por favor aguarde
Cadastre-se e receba novidades
Assunto

Mercado

Mercado interno impulsiona criação de pescado

A criação de pescado na região de Porto Velho e Manaus tem sido prejudicada pelos problemas apresentados na pista da BR-319.

Ao todo, a estrada possui 877 quilômetros de rodovia.

Em época de chuva, os moradores e produtores da região ficam completamente ilhados.

Com essa estrada completamente indisponível em períodos de chuva o transporte da produção fica sendo adiada até que haja um escoamento na rodovia.

Alguns  produtores que se encontram naquela região há mais de 25 anos afirmam que nunca tiveram sucesso no escoamento de suas produções.

O produtor rural Curt Ristow afirmou que são inúmeras as dificuldades de se empreender na região.

Quem trabalha com agricultura afirma que já assistiu toda a sua produção apodrecer por não conseguir realizar o transporte pela BR.

Mercado de pescado

O  Brasil  é um dos maiores consumidores de peixe do mundo!

Além disso, por causa da sua extensa região litorânea, o país também produz e importa boa parte da sua produção.

A criação desses animais (peixes e moluscos) são cultivados em cativeiro para potencializar a produtividade.

A maioria das fazendas conseguem transportar para o mundo todo.

Mesmo com toda a dificuldade de infraestrutura na região, ainda existem empreendedores ativos.

Eles continuam a criação de pescado nas cidades do interior de Manaus e Porto Velho com esperança de que as coisas mudem.

Os piscicultores da região afirmam que existem há anos inúmeras promessas políticas de reforma.

Até o momento não existem planos para começo de uma obra na estrada.

Enquanto isso não acontece, os produtores continuam a investir nos seus negócios.

No momento a criação de pescado é para ser vendido pelo menos na região próxima as fazendas de pisciculturas.

Se você quer saber mais sobre o mundo da piscicultura no nosso país, continue navegando no nosso blog!