Carregando, por favor aguarde
Cadastre-se e receba novidades
Assunto

Dicas

Impressão perfeita em 5 passos

5 dicas para realizar uma impressão perfeita

A impressão é o arremate do trabalho, o que garante acabamento e alta performance ao material.

Por ser um trabalho realizado pelas mãos de terceiros, é comum que aconteça imprevistos, como erros e resultados totalmente diferentes do esperado.

Para evitar surpresas, você pode tomar algumas medidas de precaução antes de enviar o material para gráfica, isso já no preparo.

Separamos cinco dicas de como se dar na hora de finalizar seu trabalho.

Impressão com sistema de cores certo

A escala de cores mais indicada para a impressão gráfica é a CMYK. Isto porque as impressões offset e flexografia utilizam o sistema que tem cores consideradas substrativas.

O erro pode acontecer quando o arquivo estiver em RGB. O processo de impressão converterá automaticamente para CMYK (opção que não contém a vasta gama de cores do RGB).

Sangria no arquivo

Para evitar aquela borda branca em seu arquivo ou um erro de enquadramento do anexo, é importante que você sangre o documento.

A sangria nada mais é do que uma segurança que o refilamento ficará perfeito. Então, deixe sempre 2 a 3mm de anexo para fora da margem.

Todas as etapas devem ser perfeitas, mas nada adianta se o material escolhido não for de boa qualidade. Invista de forma certa no seu negócio comprando na Loja Sansuy.

Resolução das imagens

Escolha imagens com qualidade mínima de 300 dpi. Esse nível garantirá definição ao arquivo.

Evite imagens da internet. Elas possuem  72 dpi, o que pode fazer com que seu trabalho pixealize ou borre.

Texto em curva

Essa opção faz com que a tipografia não mude, muito menos o texto saia do lugar.

Cuidado na hora de gerar o arquivo

Efeitos, às vezes, causam danos na impressão. Para que isso aconteça, converta seu arquivo em bitmap CMYK 300 dpi e depois gere o PDF.

Veja também as três dicas para designer que trabalham com grandes formatos.

Powered by Rock Convert