Carregando, por favor aguarde
Cadastre-se e receba novidades
Assunto

Peixes

Hormônio encurta o ciclo de produção de peixes

hormonio-do-crescimento-para-peixes

Pesquisa realizada com o hormônio do tambaqui conseguiu desenvolver o processo de crescimento de outros peixes. O mais importante em um empreendimento é conseguir sempre diminuir os custos e aumentar o faturamento.

Foi pensando nisso que se investiu em uma pesquisa para acelerar o tempo de cultivo dos peixes em cativeiro. Com tempo reduzido de cultivo também se ganha em economia de energia, alimentos e investimento.

O projeto foi desenvolvido com o apoio e financiamento do Governo do Amazonas e a Fundação de Pesquisas.

Conheça a linha de produtos para piscicultura e transporte de água da Água e Consumo, clique aqui.

A pesquisa com o hormônio do tambaqui

De acordo com informações de um dos pesquisadores, Elson Sadalla, a pesquisa foi um sucesso.

Sadalla afirma que um tipo de fungo não filamentoso foi geneticamente modificado.

Com essa transformação esse mesmo fungo começou a ser capaz de produz o hormônio de crescimento.

Esse hormônio é uma proteína (tgh) que é capaz de substituir o hormônio de crescimento de outros peixes.

Esse hormônio recombinante é capaz de acelerar o desenvolvimento do peixe diminuindo o tempo de cultivo.

Com essa zootécnica é possível oferecer ao mercado mais produtos com qualidade e biomassa.

O pesquisador Elson também afirma que a nova proteína irá aumentar a produção de pescado na Amazônia.

Elson Sadalla lembra também que é de grande importância o apoio do Governo da Amazônia.

Isso porque, com esse apoio os benefícios também serão utilizados pelas famílias piscicultoras da região.

A inovação cientifica tem esse cunho social por acreditar que a piscicultura pode render tanto quanto a soja.

A soja é um dos produtos com maior faturamento da agricultura brasileira.

Gostou do nosso post?

Então não deixe de ler nosso artigo sobre Boas Práticas de Manejo para a Aquicultura no blog da loja Sansuy!