Carregando, por favor aguarde
Cadastre-se e receba novidades
Assunto

Caminhoneiro

Dicas para prevenção de capotamento com caminhões em curvas

(Fonte: SONTRA)

A estrada costuma ser considerada um ambiente hostil para se dirigir caminhões, a velocidade é maior, as curvas muitas vezes são desconhecidas, podemos nos encontrar com um animal ou com um carro descontrolado ou qualquer outra coisa, mas precisamos saber agir caso algo aconteça.

Infelizmente os capotamentos são a maior causa de morte de condutores de caminhões durante a jornada e também é uma das principais causas de dano do veículo e da carga transportada.

O capotamento de caminhões de carga está muito relacionado com mortes e ferimentos graves nos acidentes de estradas, isso se dá também porque pode ser uma tarefa difícil dirigir alguns tipos de caminhões tanque e de plataforma, por serem grandes e um tanto complicados de se manterem sob controle.

Os caminhões são altos e estreitos e por isso tombam mais facilmente que um carro, por exemplo, alguns acidentes podem acontecer quando o veículo está a 25 km/h, ou seja, uma velocidade baixa e chega a capotar.

O capotamento normalmente acontece nas estradas nos trechos com curvas, em rampas de saída ou entrada das estradas e nos caminhos rurais e é responsável por cerca de 55% da morte de todos os caminhoneiros que morrem em serviço.

Cientificamente podemos explicar a facilidade do caminhão em capotar porque ele se inclina até a parte exterior da curva devido a força centrífuga que atua através do seu centro de gravidade, sendo assim, quando a força centrífuga está em excesso o veículo tende a tombar devido ao aumento da velocidade criada pelo peso da carga e a força centrífuga atuante no caminhão.

Como evitar o capotamento

As respostas para essa questão podem ser mais simples do que o imaginado, mas a responsabilidade sempre está a cargo do condutor. Ele deve ajustar a velocidade conforme passa por curvas na estrada e tentar sempre prever o que está a sua frente.

Se um veículo vai muito rápido numa curva suas rodas podem perder a tração e continuar em linha reta, causando a patinação do veículo e possivelmente ele será jogado para fora da estrada visto que o veículo manterá a tração mas mesmo assim tombará.

É aconselhável diminuir sempre a velocidade nas curvas, entrar lentamente nelas dirigindo numa velocidade cerca de 15 a 20 km/h a menos do que pedem as placas de sinalização porque a velocidade marcada nas placas é a indicada para os veículos de porte pequeno e algumas investigações concluíram que veículos com um alto centro de gravidade acabam tombando mesmo quando estão respeitando os limites de velocidade delimitados pelas placas.

Não é recomendado também que se freie dentro da curva porque as rodas podem travar e fazer com que o caminhão patine.

Portanto é importante sempre reduzir a velocidade quando necessário, conduzindo a uma velocidade menor do que a indicada permitindo assim acelerar ligeiramente nas curvas mantendo o controle sobre o veículo.

Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert