Carregando, por favor aguarde
Cadastre-se e receba novidades
Assunto

Mercado

Criação de rãs ajuda a cobrir despesas

Você já ouviu falar em criação de rãs? Muita gente tem aversão a este animalzinho, no entanto, a aqueles que os adoram e, inclusive, os consome.

Na atualidade, a carne de rã ainda é vista como um alimento, no mínimo, exótico.

Há diversos brasileiros que já são adeptos desta iguaria, o que faz com que ela se torne uma tendência de mercado.

Criação de alto rendimento

As rãs se adaptam muito bem às condições climáticas brasileiras, pois necessitam de temperaturas elevadas e umidade para se desenvolver.

Possuir um viveiro bem estruturado e manter-se em constante observância é fundamental para conseguir fazer com que as rãs se desenvolvam corretamente, não peguem doenças e não “comam” umas as outras.

Invista de forma correta no seu negócio e compre tanques de qualidade. Saiba mais em nossa loja virtual.

Passo a Passo 

As rãs são animais rústicos e que precisam de cuidados relativos. Seguindo nossos passos, elas irão se desenvolver bem e propiciarão bons lucros.

Escolha um Local Apropriado

Vai começar uma criação de rã?

Esteja ciente de que a sua primeira preocupação deve ser a de escolher o local mais apropriado para instalar o criadouro.

Tenha em mente que estes anfíbios não são adorados por todo mundo, além de se proliferarem com velocidade, logo não é recomendado criá-los em ambientes residenciais.

Monte a Estrutura

As rãs são anfíbios, ou seja, vivem tanto na água quanto na terra.

Sendo assim, é preciso que o tanque ou piscina natural tenha uma vegetação que se assemelhe ao habitat natural do animal.

Jamais utilize criadouros com azulejos, pois esta característica impede o nascimento de plantas ao redor.

O ideal é trocar a água com frequência, pois as rãs necessitam de líquido limpo e com oxigênio para se desenvolverem.

Reprodução das rãs

As rãs se reproduzem no próprio criadouro, que deve ser mantido sempre em temperatura ambiente ou quente.

Em média, as rãs se reproduzem quatro vezes ao ano, apresentando uma grande quantidade de ovos.

Os ovos devem ser dispostos no fundo dos tanques e levam em torno de 20 dias para se transformarem em girinos.

Gostou das nossas dicas? Continue lendo sobre piscicultura no nosso blog.