Carregando, por favor aguarde
Cadastre-se e receba novidades
Assunto

Caminhoneiro

Saiba como evitar o tombo de carreta do caminhão

Tombo de carreta de caminhão é algo muito fácil de acontecer, principalmente com bitrens, os caminhões de carreta dupla. Entenda como esse efeito acontece e como se prevenir neste artigo.

É necessário tomar muito cuidado quando se transporta cargas, pois o caminhão, apesar de ser um veículo muito pesado, é ao mesmo tempo muito sensível. Se não tomar o máximo de cuidado na hora de dirigir, o tombo de carreta pode ser inevitável.

O que causa o tombo de carreta?

O motivo que causa um tombo de carreta é a física, o que os cientistas chamam de força G, que é aquela aceleração lateral gerada nas curvas, que você pode sentir quando está dirigindo por uma curva e é empurrado para o lado.

Sendo mais técnico, a força G desloca o caminhão do seu centro de gravidade e por ser alto e pesado, o caminhão suporta muito menos a força G do que um carro. Para que você tenha uma ideia, um carro de formula 1, que é baixo e anda bem próximo do chão suporta até 5Gs sem correr risco de derrapar ou tombar. Já o caminhão pode tombar se alcançar de 0,4G a 0,6G.

Como evitar o tombo de carreta?

O maior erro que causa o tombo de carreta é o excesso de velocidade em curvas fechadas, rotatórias, alças de acesso a viadutos e até mesmo em algumas curvas abertas. Se a aceleração do lateral for capaz de levantar o pneu do lado interno da curva o tombo será inevitável.

Para evitar o tombo de carreta faça um procedimento simples: Reduza a velocidade em curvas!

Um caminhão pesado deve circular pelo menos 10 quilômetros abaixo da velocidade máxima recomendada, principalmente em dias de chuva.

Em casos de bitrem (carretas duplas) existe um fenômeno chamado de efeito chicote, que ocorre quando a ultima carreta sofre muita trepidação e tomba por este motivo.

Em casos de carga liquida também é necessário cuidado extra, pois caso o tanque não esteja cheio, a carga se movimenta e facilita o deslocamento do centro de gravidade. Neste caso é ideal que não rode com menos de 80% de carga liquida no tanque.

Resumindo: Não ande com excesso de peso, tome cuidado redobrado nas curvas, triplicado em dias de chuva e sempre manter a estabilidade da carga em movimento.

(Fonte: 4truck)

 

Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert