Carregando, por favor aguarde
Cadastre-se e receba novidades
Assunto

Mercado

Captação de água de chuva para piscicultura: saiba como fazer!

Captação de água de chuva

Os criadores do setor de piscicultura já entendem como é importante aproveitar a água utilizada na criação das espécies. E uma das melhores alternativas para isso é usar um sistema de captação de água de chuva.

Econômica e sustentável, essa prática permite reduzir custos, diminui a exploração de recursos naturais em excesso e ainda facilita a vida de criadores. Todas essas vantagens e muitas outras podem ser aproveitadas, desde que você saiba como montar um mecanismo de captação.

Neste post você vai entender mais sobre a utilidade da água de chuva na piscicultura e ainda vai aprender como desenvolver um sistema de reaproveitamento. Confira!

Entenda a importância da captação de água de chuva

Piscicultores têm diferentes necessidades quanto ao uso de água em seus tanques. O uso desse recurso natural depende também do tamanho da estrutura e da quantidade de peixes. Quanto maior a criação, maior a alimentação, mais dejetos na água e, então, a necessidade de troca da água aumenta.

A captação de água de chuva é uma saída simples e eficiente para os criadores. Ao mesmo tempo em que conseguem um recurso acessível e renovável, reaproveitam recursos que seriam desperdiçados.

É uma atitude importante em época de escassez

Não é novidade que a água não é um recurso sem limites, como muito se pensou durante um bom período da História. No Brasil, já foi possível presenciar períodos de escassez em que reservatórios importantes ficaram abaixo dos volumes mínimos. O uso irresponsável, aliado das secas, pode gerar situações de risco.

Os piscicultores investem tempo e dinheiro no negócio. Então, nada mais natural do que contar com a oferta de água. Nesse sentido, um sistema eficiente de captação de água de chuva é uma garantia de que nenhum fator externo, como esse, vai atrapalhar o desenvolvimento dos peixes.

Ajuda a evitar o desperdício

Você deve concordar que não aproveitar a água das chuvas é um tremendo desperdício. Reservatórios simples são capazes de captar todo esse volume. Além disso, de acordo com a necessidade de criação, podem encher tanques que abastecem a atividade de criação de peixes por um bom tempo.

Na prática, isso é o melhor uso possível dos recursos da natureza. Atente apenas para a troca da água, que deve ser feita de forma constante para evitar a proliferação de parasitas na criação de peixes.

Conheça os benefícios de captar água da chuva

A captação de água da chuva traz vantagens para o desenvolvimento da piscicultura. Quanto mais rápido o criador entender isso, mais rapidamente vai aproveitar esses benefícios. A seguir, saiba como implementar um tanque de captação pode ser interessante para o seu negócio!

Menor trabalho de deslocamento

É muito comum que os criadores precisem captar água em outros reservatórios, sejam eles artificiais ou naturais. Para alguns, esses locais ficam distantes da criação, e isso gera problemas logísticos e de custos.

Ter que se deslocar para outros locais gasta tempo e gera custo com combustível. Isso pode atrapalhar a criação, especialmente se o criador trabalha sozinho. Uma reserva de água de chuva enche um tanque na própria propriedade, evitando esses problemas.

Economia de custos

Recorrer a outras opções para fazer a troca da água dos tanques também gera custos para o criador. Uma das opções mais comuns são os poços artesianos que, desde a construção, já demandam um investimento bem maior.

Além disso, nesse tipo de captação de água, é necessário o trabalho de bombas elétricas, que muitas vezes demoram a puxar a água. Somando isso ao tempo de troca de todo o volume dos tanques, o resultado é um longo período de consumo de energia elétrica e mais gastos para o negócio.

Contribuição para a sustentabilidade

Pensar no futuro é fundamental, ainda mais para quem trabalha com recursos naturais, como os piscicultores. Esses recursos estão deixando de ser renováveis e não é difícil perceber como isso é um problema em períodos de seca no Brasil, que são cada vez mais comuns em diversas regiões.

Portanto, aproveitar a água das chuvas é fazer o melhor uso possível da natureza sem consumir e desperdiçar de forma irresponsável.

Proteção contra as mudanças climáticas

Determinadas regiões do Brasil sofrem com a seca, ou seja, longos períodos sem chuva que acabam secando rios. Sem um sistema de captação de água de chuva eficiente, os piscicultores ficam reféns das mudanças climáticas.

A instalação do sistema de captação representa um investimento inicial que fará muita diferença no longo prazo. O período de chuvas servirá para alimentar os reservatórios e, quando a água estiver escassa, o criador não enfrentará dificuldades.

Saiba como captar água de chuva

Instalar um sistema de captação de água de chuva não é uma tarefa tão difícil quanto parece. O trabalho passa pelas etapas de planejamento e avaliações do terreno, até que os tanques são escolhidos e instalados na área da criação. Veja como fazer uma captação eficaz nos próximos tópicos.

Planeje sua necessidade de água ao longo do ano

O tamanho do reservatório vai depender das dimensões da sua criação de piscicultura. Em primeiro lugar, estude quanto de água você precisa para fazer as trocas necessárias ao longo dos períodos de criação.

Isso vai definir o tamanho do tanque e quantos você vai precisar para o reservatório. Isso ajuda também a definir onde ficarão, já que é preciso abrir espaço e fazer barragens para alocar as estruturas. Lembre-se de que é fundamental mover o menor volume de terra possível para evitar deslizamentos.

Outro problema para ficar atento é a infiltração. Para evitar essa fonte de perda, quando a água captada vai para o solo, é possível utilizar um material impermeabilizante, como explicaremos logo em seguida.

Escolha os melhores tanques do mercado

Dependendo do tamanho da sua criação, há duas opções que conseguem reter um alto volume das águas de chuva, e ambos são da Sansuy: a Vinigelmanta e o Vinitank. A primeira é uma manta impermeável de alta resistência que pode ser usada em reservatórios oriundos de escavação com toda segurança necessária.

Já o Vinitank é uma opção ainda mais robusta, que consiste em um tanque estruturado revestido com lona, utilizado também para a própria piscicultura. Como suas dimensões são amplas, ele é uma ótima alternativa para fazer um reservatório de água de chuva, com capacidade para armazenar nada menos do que 250 mil litros!

Há ainda outras opções menores e emergenciais muito eficazes, como o Água Capta, um reservatório móvel e flexível, e os tanques de transporte Viniliq, nas opções com bomba e sem bomba.

A captação de água de chuva é uma necessidade cada vez maior para os criadores de organismos aquáticos. Ela permite economia de custos, menor trabalho na operação diária e ainda tem uma proposta sustentável.

Quer usar esse sistema no seu terreno? Confira nossas opções de reservatórios e bomba para começar a sua captação!

Powered by Rock Convert
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *