Carregando, por favor aguarde
Cadastre-se e receba novidades
Assunto

Caminhoneiro

10 países com gasolina mais cara do mundo

10 países com a gasolina mais cara do mundo

Pretende viajar para fora e, durante a viagem, alugar um automóvel ou qualquer outro veículo automotor? Dependendo do país, é melhor preparar o bolso. O motivo? Preço da gasolina!

Além da gasolina, o caminhoneiro precisa se preocupar com sua segurança na estrada. Invista hoje mesmo em uma lona de boa qualidade comprando na Loja Sansuy.

Em alguns países europeus, onde muito se investe em transporte público, o preço do combustível alcança valores caríssimos. Na Noruega, por exemplo, para se encher o tanque de um carro, o motorista se vê obrigado a desembolsar uma quantia surreal de R$ 300 reais.

Confira abaixo os dez países do mundo com o combustível mais caro, segundo uma pesquisa coordenada pela agência nova-iorquina de notícias Bloomberg News.

Países com a gasolina mais cara

10ª) Bélgica

O combustível do país situado na área ocidental da Europa custa cerca de R$ 4,82 o litro. A razão principal disso é o “petróleo importado”.

Como a Bélgica é um país não suficiente em petróleo, a maior parte da gasolina que abastece o país tem de ser importada. Essa importação por si só encarece drasticamente o preço do combustível, deixando o país na décima posição.

9ª) Suécia

A gasolina do país situado na área setentrional da Europa custa cerca de R$ 4,85 o litro. As razões principais disso são os “biocombustíveis”.

Como a Suécia é um país que se preocupa bastante com a emissão de gases estufa, sendo, inclusive, líder dos países europeus quando o assunto é biocombustível, as tarifas do país sobre o combustível costumam ser absurdamente altas.

8ª) Hong Kong

O combustível no país custa cerca de R$ 4,86/litro e a razão disso se dá devido à “riqueza que absorve altos preços”.
Apesar de integrar a China, Hong Kong é uma região com autonomia, ou seja, a região conta com um valor independente sobre a gasolina. Como assim? Simples. Enquanto Hong Kong goza de uma tributação irrisória sobre a gasolina (cerca de 0,4% da renda anual), na China o custo já sobe para R$ 2,80/litro, consumindo 1,3% do salários dos chineses.

7ª) França

A gasolina do país europeu custa cerca de R$ 4,87 o litro.

Apesar de ocupar a sétima posição no ranking mundial de países com gasolina mais cara, a situação anda melhorando. No país liderado por Emmanuel Macron, a gasolina era a quinta mais cara no trimestre anterior. Isso significa que, há alguns meses, a gasolina na França era 4,5% mais cara.

6ª) Portugal

O litro do combustível no país europeu custa cerca de R$ 4,95. O alto valor se dá devido à preocupação com o meio ambiente.

Quanto maior a preocupação com o meio-ambiente, maior tende a ser o preço da gasolina. Além disso, Portugal é um país que investe em transporte público, numa tentativa de fazer o povo usar menos os carros e mais os transportes coletivos.

O imposto alto sobre a gasolina em Portugal acontece desde 2001 e 53% do alto valor da gasolina equivalem a tributos.

5ª) Grécia

A gasolina do país situado ao sul da Europa custa R$ 4,97 o litro. A razão principal disso é a “crise”.

Na tentativa desesperada de driblar a crise econômica que muito assolou o país e trazer mais equilíbrio às contas públicas, a Grécia aumenta desde 2009 o imposto sobre a gasolina. Por ano, os gregos gastam 4,48% de sua renda no posto de gasolina.

4ª) Itália

O litro do combustível no país mouro situado no centro-sul da Europa custa R$ 5,16. Isso se dá pela “tradição”.

A Itália é um país onde os carros são visto como elementos tradicionais, endêmicos à sua cultura. Terra natal da Fiat e Ferrari, os italianos estão entre os povos que mais têm carros.

Agora, com a crise que assolou o velho continente, a Itália elevou o preço da gasolina.

3ª) Holanda

O litro da gasolina no país custa incríveis R$ 5,35. Isso se dá pela “preocupação com o meio ambiente”.

Assim como a Suécia (que já mencionamos aqui), a Holanda é outro país absurdamente preocupado com o meio-ambiente e qualidade de vida de seu povo.

No país considerado “A Terra das Bicicletas”, a carga tributária sobre o combustível chega a ser considerada a maior da União Europeia, forçando o povo a usar transportes alternativos. Aí a razão de muitos holandeses adotarem bicicletas.

2ª) Turquia

O litro do combustível no país custa cerca de R$ 5,72. Isso se dá pela “informalidade que compromete a arrecadação adequadamente”.

Para comprar um litro do combustível, os turcos desembolsam, em média, 8,19% do salário de um dia de trabalho. Somado a isso, a estrutura tributária do país é altamente prejudicada pela informalidade (40%), encarecendo o valor da gasolina na bomba.

1ª) Noruega

No país nórdico, o litro do combustível custa abusivos R$ 6,03. Isso se dá pelo “alto valor de investimento do governo em serviços públicos”.

A pesquisa da Bloomberg News estudou ainda o valor da gasolina em outros 61 países. Aqui no Brasil, ocupamos a 39º posição, com um custo médio de R$ 3,34/litro.

Gostou dessa curiosidade? Continue lendo em nosso blog sobre o retorno que temos ao pagar pedágio.

Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert